Jorge Garcia

Jorge Garcia’s bodily restlessness became apparent long before his dance. Amateur football in the meadows of Pernambuco, and surfing, combined with his studies in Brazilian folk dances, classical ballet and contemporary dance, mingled in his corporal unconsciousness making him seek a unique style as a dancer at large companies such as Cisne Negro Cia de Dança (Black Swan Dance Company) and then as a choreographer at São Paulo City Ballet and at other companies.
In his constant search for the new, continuing to experiment, he simultaneously carried out diverse independent projects. He founded the P.U.L.T.S., Choreographic Theatre and the GRUA, a group of improvisation, video and performance. Apart from choreographing for international groups he has also worked for the opera, theatre, circus and cinema.
The time to start his own company arrived in 2005. As a result of his great work so far and as a way to deepen his research into language and dance, he founded J.Gar.Cia Contemporary Dance.

Grua Project
+ Projects Jorge Garcia
Curriculum

2016

  • TAKE A DEEP BREATH – Jorge Garcia – Jorge Garcia Companhia de Dança

2015

  • ÁRVORE DO ESQUECIMENTO – Jorge Garcia – Balé da Cidade de São Paulo
  • PRIMEIRA PESSOA DO PLURAL – Jorge Garcia e Tuca Pinheiro – Palácio das Artes – BH

2014

  • IMPRIMATUR – Jorge Garcia – Jorge Garcia Companhia de Dança
  • COPYLEFT – Jorge Garcia – Jorge Garcia Companhia de Dança

2013

  • RETINA – Jorge Garcia – Camaleão Cia de Dança – BH
  • ROTATÓRIA – Direção e Dramaturgia: Rogério Tarifa / Coreografia e Interpretação: Jorge Garcia -Jorge Garcia Companhia de Dança
  • IMPRIMI POTEST – Jorge Garcia – Jorge Garcia Companhia de Dança

2012

  • T.A.T.O. Tecidos Abertos por Tensões Opostas – Jorge Garcia – Balé da Cidade de São Paulo Cia 1
  • CAIXA DE VIDRO – Jorge Garcia – Jorge Garcia Companhia de Dança
  • LOGOS-DIÁLOGOS / I SUÍTE DE BACH – Jorge Garcia – Jorge Garcia Companhia de Dança

2011

  • UMAMI – Jorge Garcia – Dança Vida
  • PARALLEL MEMORIES – Jean Abreu e Jorge Garcia- BR UK

2010

  • ÁREA REESCRITA – Jorge Garcia – Jorge Garcia Companhia de Dança
  • O MESMO LUGAR DE SEMPRE – remontagem – Jorge Garcia – Jorge Garcia Companhia de Dança
  • DUPLO SENTIDO – Jorge Garcia – Marisa Bucoff e Willy Helm
  • INTERLÚDIO – remontagem – Jorge Garcia – Jorge Garcia Companhia de Dança

2009

  • NIHIL OBSTAT – Jorge Garcia – Jorge Garcia Companhia de Dança
  • CABEÇA DE ORFEU – Jorge Garcia – Jorge Garcia Companhia de Dança

2008

  • UM CONTO IDIOTA – Jorge Garcia – Jorge Garcia Companhia de Dança

2007

  • MUITO PELO CONTRÁRIO – Jorge Garcia – Cia Sociedade Masculina – SP
  • RETRÔ SEXY – Jorge Garcia – Repentistas do Corpo – SP
  • TÁ PASSANDO – Jorge Garcia – Camaleão Cia de Dança – BH
  • ORFEE’S READ – Jorge Garcia – Amsterdam Theater School – Amsterdam, NL

2006

  • O MESMO LUGAR DE SEMPRE – Jorge Garcia – Grupo Lado – Caxias do Sul
  • RG – Jorge Garcia / regência Paulo Nogueira – Balé da Cidade de São Paulo Cia 1
  • HISTÓRIAS DA 1/2 NOITE – Jorge Garcia – Jorge Garcia Companhia de Dança

2005

  • CONTIGO APRENDI QUE LA SEMANA TIENE MÁS DE SITE DIAS – Jorge Garcia – P.U.L.T.S. Teatro Coreográfico – SP
  • LUDUS – Jorge Garcia – Grupo Trupé – SP
  • ANDERSEN SUITE SWEET – Cláudia Palma, Jorge Garcia e Lilia Shaw / direção Flávio de Souza – Balé da Cidade de São Paulo Cia 1

2004

  • ENCONTRO – Jorge Garcia – Jardim Ângela – SP
  • MEZANINO – Jorge Garcia – Balé da Cidade de São Paulo

2003

  • NOITES DE FORTUNELLO – Jorge Garcia – Distrito Cia de Dança – SP
  • DESATINO DO NORTE DESATINO DO SUL – Jorge Garcia – Balé da Cidade de São Paulo Cia 1

2002

  • MARIA / JOÃO – Jorge Garcia e Marcelo Bucoff – P.U.L.T.S. Teatro Coreográfico – SP
  • DOZE MOVIMENTOS PARA UM HOMEM SÓ – Jorge Garcia entre outros coreógrafos – J.C. Violla
  • CANTINHO DE NÓIS – Henrique Lima, Jorge Garcia e Marisa Bucoff – Jorge Garcia Companhia de Dança

2001

  • POR UM LUGAR TÃO SONHADO – Jorge Garcia e Marcelo Bucoff – P.U.L.T.S. Teatro Coreográfico – SP
  • DIVINÉIA – Jorge Garcia – Balé da Cidade de São Paulo Cia 1
  • INTERLÚDIO – Jorge Garcia – Balé da Cidade de São Paulo Cia 1

2000

  • DOBRE – Jorge Garcia e Willy Helm
  • SÓ DANÇO SAMBA – Jorge Garcia – P.U.L.T.S. Teatro Coreográfico – SP

1999

  • QUATRO CORPOS – Jorge Garcia, Sonaly Macedo e Willy Helm
  • OCASO – Jorge Garcia – Escola de Bailados de Sao Paulo 1,2,3 PONTO 4 – vinhetas , Jorge Garcia – Bale da Cidade de São Paulo Cia 2

1998

  • BAILE NA ROÇA (COREOGRAFIAS PARA PORTINARI) – Jorge Garcia, Roberto Silva e Willy Helm – Balé da Cidade de São Paulo Cia 1
  • OSCILATE – Jorge Garcia – Grupo Experimental do Recife

1997

  • ZAPPA – Jorge Garcia e Willy Helm
  • SEVERINA MENDONCA – Jorge Garcia – Grupo Experimental do Recife
  • SARAU – Jorge Garcia e Willy Helm

1995

  • SONHO QUE SE SONHA SÓ – Jorge Garcia, Laudinei Delgado, Marcelo Bucoff e Paulo Gulart Filho

OUTROS

2016

  • O LIVRO DE TATIANA – Jorge Garcia / dir Bruno Garcia [Teatro]
  • ÓPERA URBE PESTE CONTEMPORÂNEA – Jorge Garcia / direção Rogério Tarifa – Cia. do Tijolo [Teatro]

2011

  • BARAFONDA – Jorge Garcia – Cia São Jorge de Variedades [Teatro]
  • IL GUARANY – Jorge Garcia / direção João Malatian [Ópera]

2009

  • CONCERTO DE ISPINHO E FULO – Jorge Garcia / direção Rogério Tarifa – Cia do Tijolo [Teatro]
  • BARBEIRO DE SEVILHA – Jorge Garcia / direção Wilian Pereira [Ópera]
  • SANSSÃO E DALILA – Jorge Garcia / direção Emilio Sagi – [Ópera]
  • OS TROIANOS – Jorge Garcia / direção Caetano Vilela [Ópera]
  • 2007
  • A IITALIANA EM ARGEL- Jorge Garcia / direção Hugo Possolo [Ópera]

2006

  • STAPAFÚRDIO – Jorge Garcia / direção Parlapatões e Pia Fraus [Circo]
  • ORFEU – Jorge Garcia / direção João Malatian [Ópera]

2005

  • BAILE ESTELAR – Jorge Garcia / direção José Possi Neto / direção musical Guga Stroeter [Musical]

2004

  • COLOMBO – Jorge Garcia / direção Wiliam Pereira [ Ópera ]

2003 – atualmente

  • GRUA – Gentleman de Rua [Performance]

2002

  • CARANDIRU – Cena Coreografada – Jorge Garcia / direção Hector Babenco [Cinema]
  • CASTELO RÁ-TIM-BUM – Jorge Garcia / direção Flávio de Souza [Teatro infantil]
Creations

Balé da Cidade de São Paulo – 2006
Inspirado na identidade, na criatividade e na diversidade sonora brasileira do maestro e compositor Radamés Gnattali, colocamos em cena uma orquestra de ” músicos-bailarinos” causando assim momentos de surpresas em um ambiente inusitado, onde os movimentos e ações cotidianas dos bailarinos se confundem com movimentos dos músicos em suas performances.
Música – Radamés Gnattali
50 min – Livre